Buscar no site

01/fev/2018

O MAR VISITA MEU LEITO

Autor(a): Jason Jair Frutuoso

Batendo nas pedras, as ondas do mar

Passam uma eternidade musicalizando

E brincando com o universo.

Coreografando o ambiente oceânico

Sobrevoam grandes e pequenos pássaros.

 

Sobre o mar a natureza expressa uma linguagem

Que não compreendemos,

Mas o criador está por lá,

Não há necessidade de decodificar.

Ele escreveu, ele sabe. SABE!

 

Coreógrafos do universo

Movimentam-se na orla

E no centro marítimo.

Meus olhos fotografam

Em 3Ds o campo harmônico.

 

E lá vem mais um navio

Cheio de esperança.

Os refugiados chegam para colher

Os frutos da esperança.

 

Vamos pro mar,

Vamos remar,

Cuidado com as ondas,

Elas podem te pegar.

 

Vamos pro mar,

Vamos brisar,

Vamos espiar ao longe,

Outro navio está para chegar.

 

Agora vamos pro mar,

Vamos sentir o balanço das ondas.

Um barco de papel se aproxima,

Trazendo esperanças para os Haitianos.

 

Vamos pro Cais,

Vamos misturar a esperança

Aos refugiados,

Vamos temperar esta mistura.

 

Esperança vai virar elemento sanguíneo:

Dos refugiados

Dos mal casados,

Dos mal amados

E dos desesperados.

 

Terá sangue novo para nossa alma,

Alma nova para nosso corpo,

Força para os inacabados.

 

Também para que acabar?

Nada por aqui termina!

 

 
Design: Fábrica de Criação   |   concrete5 - open source CMS © 2018 Jason Jair Frutuoso.    Todos direitos reservados.