Buscar no site

22/nov/2015

ATREVIDA

Autor(a): Jason Jair Frutuoso

 

Encontrei a Sereia

Em meio ao mar revolto.

Humildade de santa

Apaziguando a guerra dos mares,

Fibra da negra escrava,

Do quilombo dos palmares.

 

Mulher atrevida que

Entra em meus sonhos

E nos meus desenganos,

Fique mais um tempo

Neste meu alojamento.

Cure de vez esta meu tormento.

 

Atrevimento suave,

Tormento avassalador,

Misture logo esses elementos,

Deixe-me aqui ao seu lado,

Dê-me o tempo necessário

Para ganhar o seu amor.

 

Venha remar em meu barco,

Venha ganhar este meu mundo,

Venha trazer o alimento pra min´alma

Dê-me o remédio que me acalma.

 

Traga seu corpo e aqueça meu prazer,

Traga-me sua alma e me faça flutuar

No universo de suas fantasias.

Traga-me seu poder e tire de mim

Esta mania de sofrer.

Cale minha boca

Sufocando-me com seu

Território corporal.

 
Design: Fábrica de Criação   |   concrete5 - open source CMS © 2017 Jason Jair Frutuoso.    Todos direitos reservados.