Buscar no site

06/abr/2013

As janelas da vida

Autor(a): Jason Frutuoso

Pela janela vi você chegar,

Pela janela vi o mundo clarear,

Pela janela vi você partir,

Pela janela espero você voltar.

 

Você chegou de mansinho,

virou parte de nosso caminho.

Quando você partiu,

ficou vazio e ninguém assistiu.

 

Pela janela vi você entrar e

quando você partiu a janela

parecia fechada.

Era apenas uma janela ofuscada

pela própria vida.

A janela era apenas um símbolo.

 

Era uma janela grande,

hermética para mim e para os seus,

mas você passou,

deixando do lado de cá

muita saudade e dor.

 

Espero que para você tenha sido

apenas uma grande cortina,

com bastidores fartos de tudo

que bem merece.

E que toda essa distância

que nos separa

não seja mais que uma leve

cortina – uma cortina de fumaça.

 

Pensando bem, não quero a sua volta.

quero apenas que tudo isso: o seu e o nosso sacrifício – separação,

saudade, dor…,

Sejam apenas bons motivos para seu viver em paz.

Acho que tudo não passou de uma janela.

 
Design: Fábrica de Criação   |   concrete5 - open source CMS © 2017 Jason Jair Frutuoso.    Todos direitos reservados.